quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Sorrindo, simplesmente sorrindo...


Olhar para o lado e te ver logo ali...
Fechar os olhos, sentir a brisa levar meu cabelos... sentir que você está ali...
você está ali...
correndo ao meu lado, me fazendo sorrir, apenas sorrir...
♥!

Como uma roda gigante...


Minha vida?

simplesmente uma roda-gigante...


domingo, 15 de fevereiro de 2009

Luto ...


Hoje, dia 15 de fevereiro, de 2009, às 14:14, estou aqui e nem sei o que aqui faço.
Uma grande pessoa, amigo, um paizão, partiu de manhã...
Sabe, eu nem sei o que sentir...
Estou totalmente perdida, e nem sei se confusa é a palavra certa pra usar, acho que vai além disso...
O sentimento de perda que eu to sentindo é... é... não sei explicar...
É uma dor sem igual...
É uma vontade de sair daqui, vontade de sair correndo, de sair gritando,
de sair chorando... de sair... de sair...
confesso que descubro, a cada vez que perco alguém que faz parte da minha vida,
que eu , realmente, nao sei lidar com isso...
nao sei o que fazer, o que dizer, o que pensar...
queria tanto poder pegar todas as pessoas que eu amo, e colocar em um potinho...
guardar no bolso, e defende-los com minha vida, se preciso.
Esse "trem da vida" é mesmo imprevisível...
Quando menos esperamos, alguém que faz parte de você, desce do trem, e vai pra nao ser aonde...
Sim... eu queria poder evitar tudo isso...
Mas ...
Dizer "ADEUS" é algo que ainda não aprendi...
Amigo... você vai estar sempre em meu coração... sempre...
Espero mesmo que esteja em um lugar bem melhor que esse aqui,
onde o sofrimento não exista, onde a palavra dor nem tenha significado...

Saudades...






sábado, 14 de fevereiro de 2009

6 anos de saudade...


Essa foto causa uma grande saudade em mim...
Esse lugar já foi incrível... Hoje, talvez, não seja mais tão incrível assim.
Me traz lembranças de alguém que me marcou e que anda comigo sempre.
Pessoa incrível, que com gestos singelos me ensinou a amar... A pessoa mais humilde que passou pela minha vida...
Mesmo sem dizer, me ensinou que a simplicidade não é algo que se compra no mercado... Algo que muitas pessoas dizem ter, mas que, na realidade, não tem (inclusive eu).
Quem me dera te olhar mais uma vez nos olhos e te abraçar, nem que seja pela última vez.
Seu sorriso está gravado em mim...
Te amo avô querido...
6 anos de saudades, mas, você continua aqui comigo.

Deixa rolar...

Má-oê.
Tô de blog agora...
Vamos ver no que dá e quanto tempo ele vai durar!
Bem, o propósito inicial dessa coisa, é de escrever o que vier na cabeça,
o que eu ver por aí, sei lá...
Sem planos não é?
Abraços...


(Obs: abraços? kkkkk! Quem vê pensa que milhares de pessoas sabe da
existencia desse blog. Faz me rir. xD )