sexta-feira, 30 de outubro de 2009

De pernas para o ar...


De vez em quando, me pego pensando em como tudo pode ser simplificado.
As vezes, complico tanto as coisas, deixo tudo mais difícil e acabo nem percebendo.
Um toque aqui, uma anotação ali, uma palavra melhor, são coisas que deixariam tudo ficar "mais leve".
Gostaria de ter mais criatividade para lidar com as coisas, encontrando, talvez, um caminho menos bagunçado.
Quando minha cabeça começa a pirar então...
Fica tudo muito estranho, as cores se confundem, as idéias se atrapalham...
Demora um pouco para eu tomar rédias da situação, mas bem que já sei que não posso dar asas à essas maluquices repentinas...
Ta, confesso que depois do terremoto cerebral, vem um friozinho bem gostoso na barriga, e um pensamento debochado : "Viu só? Era tudo tão simples..."
Ah, nem sempre consigo deixar as coisas como são e acabo mesmo é deixando tudo de pernas para o ar...




Nenhum comentário:

Postar um comentário