segunda-feira, 9 de agosto de 2010

De volta pra casa.


Me perco de novo, outra vez.
Me pego pensando, refletindo, chorando, querendo sair correndo daqui... Para algum lugar, mas que lugar?
Me pego feliz, pensando na vida, fazendo alguns planos, querendo viver tudo logo de uma vez...
As vezes me sinto sozinha, perdida no espaço de quatro paredes.
Me sinto feliz por poder correr... Correr e ir para bem longe... E depois, correr de volta pra casa, cheia de saudade e com uma carta no bolso da blusa.
Com um abraço, é capaz de me fazer voar distante, pra longe das quatro paredes, pra dentro de mim, pra dentro de você...
Com um abraço, me faz chorar, sentir mais saudades, querer te ver outra vez.
Com um abraço, me faz transbordar de alegria, me faz sentir VIVA e cheia, cheia, cheia de amor, até a tampa.
Me apaixona. Me faz querer rir, cantar uma canção, fazer uma cóssega e dormir.
Consegue me fazer pensar que eu queria que as horas voassem, passassem logo de uma vez e me fizessem te encontrar e parar no tempo.
Relógio ingrato! Estaciona quando quero que trabalhe e trabalha, com fervor e pressa, quando eu só quero mais 5 minutos...
Me encontro de novo, outra vez.
Já nem penso, nem reflito e nem quero mais chorar... quero ficar aqui, nesse mesmo lugar.
E toda vez que eu, finalmente, encontro o meu lugar, já é hora de ir de volta pra casa...
E eu te amo cada dia mais. E mesmo que eu vá pra casa no fim do dia, meu pensamento não vai comigo, fica ao seu lado, cuidando de tudo, até eu te encontrar de novo ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário