quinta-feira, 2 de setembro de 2010


De repente eu ligo minha televisão e escuto: "Vou melhorar isso, minha prioridade é aquilo, eu farei isso... bla bla bla"
O mesmo discurso a cada 2 e 4 anos, com a mesma cara de gente decente.
Sempre as mesmas propostas, afinal, os problemas nao mudam, são sempre os mesmos, não existe melhorias significativas o bastante para investir em outras áreas.
É sempre a educação, a saúde, a segurança, e outras coisas que já deveriam estar ajustadas há muito tempo.
Hoje, fui em um posto de saúde público e fiquei esperando mais de uma hora pra ser atendida... No mesmo momento da minha espera, passava na TV uma candidata ao senado, falando que sua prioridade é a saúde. Eu, naquele ambiente tão precário, não só na estrutura, mas no atendimento, no auxílio, ouvindo aquela mulher, que provavelmente tem um plano de saúde bom, falar sobre algo que, na realidade, ela nem sabe como é efetivamente. Algo que ela ouve falar, mas que nao tem nenhuma proximidade com a vida dela.
Não sei o que sentiram as pessoas que também estavam esperando ser atendidas, mas não só senti revolta, mas senti vergonha, vergonha de fazer parte da sociedade que ouve pessoas ridículas como aquela mulher, ouve propostas sempre iguais, sem nenhuma mudança.
Vergonha de fazer parte de um povo que ta na merda, mas com a televisão ligada vendo a vida boa do pessoal da novela.
vergonha de ficar feliz por ter uma televisão no posto de saúde, enquanto espera mais de uma hora, se sentindo uma verdadeira panaca.
Bem, essa época do ano me deixa bastante irritada, porque nao aguento mais as pessoas aparecendo na minha tv, depois que ja estão lá, pedindo licença pra entrar na minha casa (?) e falando um monte de coisa que eu já to cansada de ouvir.

C A N S A D A.

Então, senhores palhaços políticos, parem de falar, parem de fazer cara de legais, parem de pedir votos, parem de ser hipócritas, parem de pedir licença, parem de ter horários políticos imbecis, parem de beijar crianças, parem de pensar que somos tão idiotas e que vamos pensar que vocês vão mudar o nosso mundo, um mundo que vocês não conhecem, nao sabem como é, e nao querem mudar. Parem de fingir que querem uma boa educação, porque nao querem! Não convém tornar as pessoas críticas, porque se cada um tiver um pingo de cérebro, vai acabar percebendo o quanto somos manipulados, o tempo todo, né? O quanto vocês são ridículos e o quanto nós podemos melhorar toda a situação.
Mas não convém. Não mesmo.

Parem de respirar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário