sábado, 11 de setembro de 2010

Maldito Dinheiro


Sempre ouço as pessoas dizendo: "Dinheiro não traz felicidade!"
Ta, pode até ser que não traz, mas o que o dinheiro compra sim pode nos dar muitas alegrias e nos satisfazer materialmente.
Infelizmente, ou nao, todo mundo precisa de dinheiro. Nao há mais como sobreviver sem essas notinhas coloridas... Se você não tem dinheiro, você nao tem amigos, nao tem identidade, nao tem direitos, muito menos o direito de ser feliz.
Sem dinheiro você é visto como uma pessoa inútil, incapaz de se adaptar ao sistema que faz o mundo girar.
Ok, o dinheiro pode até não trazer felicidade, mas infelicidade é obrigatoriamente conquistada quando você nao tem um vintém no bolso.
As pessoas trabalham cada vez mais por dinheiro, roubam por dinheiro, pisam umas nas outras pra chegarem onde querem, sem se importar se somos seres humanos e se merecemos respeito, independentemente, do estado do nosso bolso.
Talvez as pessoas nem param pra pensar nisso, ou se param, param tempo insuficiente pra enxergar a realidade.
De repente, inventaram uma moeda, que se troca por produtos que fabricamos, cultivamos, criamos, projetamos, entre outros, para simplesmente termos moedinhas para comprar o que o nosso próximo fabrica. Isso não é estranho?
Nao é estranho como as pessoas vivem mal, trabalham feito condenadas, nem veem seus filhos direito, mal dormem, só para rechear a poupança no banco?
não é estranho que pessoas matam outras pessoas só para ter mais, mais, mais dinheiro?
Pra mim, não faz sentido você humilhar uma pessoa, rebaixá-la e menosprezá-la só porque você têm umas cédulas a mais do que ela. Nao faz sentido você mentir, criar situações, alterar os fatos, só para ter mais dinheiro.
Não faz sentido viver a vida toda trabalhando, pagando uma certa quantia, para depois, na sua velhice, quando suas pernas nao tem mais tanta força, seus dentes já nem são tão resistentes, seu estômago já nao tolera tantos tipos de alimentos, você simplesmente receber um dinheirinho (INHO mesmo!!!) para gastar (com remédios, que é o que a maioria faz!).
Nao faz sentido ralar a vida toda, sem aproveitar o bastante, pra depois usufruir de algo que já nem importa tanto assim.
Bem, nao vou ser hipocrita e dizer que nao gosto de ganhar dinheiro, que nao preciso disso e vou viver bem a vida toda sem!
Eu preciso, assim como todo mundo. Mas, nao faz sentido nenhum pra mim, conquistá-lo sem merecê-lo, sem honestidade, sem valores.
Ah, valores!!! Quem os tem? De quem vale mais?
Tem um trecho da musica do Frejat que é bem bacana, gosto muito.

"Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem..."
(Amor pra recomeçar)

É isso ai, ta registrado aqui minha revolta!
Por favor, me deixem em paz, e fiquem com o seu maldito dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário