terça-feira, 5 de outubro de 2010

?


Me deu uma vontade imensa de escrever hoje, mas escrever o quê?
Hoje não estou nervosa, e, geralmente, quando estou nervosa consigo escrever sem problemas. Mas, será que só se eu estiver bem fula da cara consigo escrever algo que saia dos rascunhos?
Como sou uma pessoa bem dramática, vou ficar aqui escrevendo sobre minha vida.
Ultimamente tenho estado muito bem! Está frio e isso me deixa com o bom humor em alta! As vezes guardo todo meu bom humor pra mim, coloco meu casaco e saio.
Dias quentes me deixam nervosa, com falta de ar e com saudade, muita saudade, de me entupir de roupas, muitas roupas.
No inverno consigo levantar 5:30 da manhã com bom humor, com vontade de fazer as coisas com ânimo e tudo mais. Sinto frio, muito frio. Consigo ser feliz com o nariz vermelho e doendo, além de muito vento no meu rosto todo.
Já fiz questão de deixar a janela do ônibus aberta só para o vento me congelar, de verdade.
Não gosto de reclamar do frio. Se eu reclamar, é só da boca pra fora, por puro costume de dizer: "nossa, que frio!!!". Mas, no fundo, eu gosto é de reclamar do calor, porque é ele que realmente me incomoda. Também não gosto muito da cara de bunda das pessoas quando elas saem de casa num dia forte de inverno; não tá feliz? volta pra casa, toma um chá quente e melhore.
Sem contar que qualquer comida é boa no frio! Água gelada é uma delícia, gelatina faz a gente tremer, sopa é sinônimo de perfeição. Pera lá, a sopa da minha mãe é sinônimo de perfeição. Já tomei muita sopa ruim, como a do meu pai por exemplo. Tadinho, ele bem que se esforça, mas não dá pra disfarsar o desastre.
Pelo menos, na minha sopa, nunca teve uma mosca.
Aliás, no frio as moscas somem, é tão bom.
Parece que os pernilongos explodem, e, finalmente, a gente dorme em paz.
Dormir...
Dormir no frio é algo extremamente maravilhoso, pelo menos pra mim.
Eu nao faço a mínima ideia porque estou escrevendo tudo isso e aposto que você, meu leitor fiel, também não. hahahaha. Faz parte.
Então é isso. Minha vontade de escrever já acabou, então vou parar, antes que fique chato.
Beijo do gordo, uou.

(obs.: gostei da coruja, por isso ela ta ai.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário