segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tenho a certeza de que já perdi muitos dias, sem um sorriso... Tenho a certeza de que eles nunca mais voltarão e ser feliz é algo pra hoje, ontem já não há mais tempo.

Tenho milhares de dúvidas, de inseguranças... Que não saem, não me deixam, não evaporam e nem passam com o raiar do dia.
Cada dia mais sei que cada coisa que eu souber não é nada, perto do que eu ainda preciso entender...
E por mais que meu abraço sufoque, ele é a coisa mais pura que eu tenho para dar. A coisa mais difícil, mais fácil, mais importante e mais insignificante. Talvez eu quisesse conversar, dar um pouco de risada em meio ao estresse do dia a dia. Talvez eu quisesse ouvir uma boa música, o som da respiração.

Tantas palavras, tantos sonhos, tantas vontades, tantas saudades... E no fundo, ainda existe um pouco de solidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário