terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Agora me bateu uma saudade imensa daquilo que nem vivi ainda.
Do vento que ainda nao senti no rosto
Do abraço que eu nao ganhei
Da chuva que nao caiu
Da areia que eu nao senti nos pés
Da água me tocando...
Senti saudade do pôr do sol que eu não vi e da música que eu nunca ouvi antes...
Senti saudade daquele dia... Aquele... que eu nem sei se vou viver...

Nenhum comentário:

Postar um comentário