quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Sabe que as vezes me pergunto profundamente porque as pessoas excluem tanto umas às outras.
Mesmo nós, seres dependentes uns dos outros, insistimos em achar que somos bons o suficiente para não precisar de ninguém. Para falar todos os "defeitos" que os outros têm e deixar os nossos de lado, com o nosso nariz impinado, achando que somos demais.
Achamos que os outros nunca serão bons o suficiente pra nos acompanhar, fazer parte do nosso ciclo de amizades.
Seres tão limitados. Isso. Somos tão limitados que, quando ficamos doentes, precisamos de ajuda para ir ao banheiro!  E depois de tanto precisar, simplesmente ignoramos todas as pessoas que pensam diferente...
Eu nao gosto de piada de nordestino. Não gosto de piada de negro. Não gosto de piada de português e nem de loira.
Não vejo a menor graça ridicularizar a diferença, só porque achamos ser melhores... Só porque o nosso cabelo é mais liso, o nosso nariz é mais fino e a nossa mente é mais fechada.
Não consigo entender como o ser humano pode ser tão ridículo, tão pequeno e ainda se acha o máximo.
Não consigo entender porque a diversidade não é encarada como algo tão legal... Não precisamos concordar com tudo, nem devemos, acredito. No mínimo, deveríamos um pouco mais de respeito. Parar de achar que rir dos outros é legal e olhar pra nossa própria bunda suja!


Nenhum comentário:

Postar um comentário