sábado, 1 de janeiro de 2011

Bem, sei que hoje já é o 1º dia de Janeiro de 2011, mas, como não deu tempo, vou me despedir agora do meu incrível 2010.
Não tenho dúvidas que esse ano veio pra me fazer crescer!
Conquistei muitas coisas, quebrei muito minha cara, fui feliz, fui infeliz, sorri, chorei...
Foi um ano em que cheguei a muitos extremos...
Fui totalmente feliz, pulei de alegria, desejei que o dia nunca acabasse...
Fui totalmente infeliz... chorei dias a fio, desejei que tudo acabasse, quando ainda era 8 horas da manhã.
Fui extremamente raivosa. Senti muito ódio, vontade de esganar meia dúzia.
Fui mais que amorosa. Desejei acariciar alguém a vida toda e amá-la, mesmo depois que a morte nos separasse...
Fui atenciosa, fui relaxada, fui estúpida, fui simpática. Eu nao soube amar. Eu aprendi a amar.
Eu aprendi a ME amar.
Cresci muito! Amadureci mais ainda. A criança em mim continua viva, mesmo com meus 18 anos... Mas as responsabilidades me fizeram evoluir, mesmo quando eu estava cansada demais...
Foi o ano em que entrei na Universidade... O ano em que conquistei a bolsa de estudos que eu tanto ralei pra conseguir...
Foi o ano em que procurei emprego o ano inteiro... E depois... No finalzinho, eu consegui algo além do que eu imaginava que iria encontrar...
2010 foi o ano que eu acreditei que iria desmoronar... Achei que tudo estava perdido e, mesmo com o abraço que muitas pessoas, achei que estava sozinha...
Nesse ano eu tive que me superar... A vida pediu mais de mim e eu nao estava preparada... Tive que sofrer muito para entender que isso me fortaleceria... E quando a vida exigir mais de mim, tenho que me preparar para crescer com tudo e não desistir jamais.
Foi o ano em que acreditei mais em mim... Descobri que sou mais do que capaz, mas ainda nao sei nada. Que sou pequenina frente à vida... Mas que nenhuma barreira não pode ser vencida se existe um grande sonho, um grande amor, um grande desejo para lutar!
Eu lutei!
Posso dizer segura que deixo 2010 pra trás... Que não sinto saudade das tristezas que eu passei... Que minhas alegrias serão ainda maiores...
Ano que meus extremos me fizeram acreditar que 2011 eu quero viver intensamente, ainda mais!

Adeus tristezas!
Byebye medos!
Asta la vista batalhas!
E, até logo vitórias!

2010  é pouco! Eu quero é 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário