quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Me sinto as vezes tão pequenina que o mundo inteiro me engole. E eu nao sei o que fazer.
Me sinto as vezes uma fruta verde no pé, que precisa amadurecer e ver a vida da maneira que ela é!
Me sinto as vezes como uma formiga trabalhadora, que vai pra lá e pra cá, levando seus graos, mas que é pequena demais pra fazer alguma diferença sozinha.
Me sinto as vezes como uma abelha, que produz um doce mel, mas nao sabe ser doce com os outros.
Me sinto pequena por saber que preciso mudar algumas coisas, mas continuo fazendo tudo igual! Tudo igual.
Me sinto insegura. Como uma criança que solta da mão de seus pais. Como alguém que já sofreu e tem medo de sofrer tudo de novo. Como alguém que sabe o quer, mas que nao sabe fazer as coisas direito.
Me sinto como um turbilhão. Como uma panela cheia de temperos. Como massinhas de modelar, todas misturadas.
Hoje to feliz. Hoje to triste. Me sinto como alguém que nunca se entendeu.

2 comentários:

  1. Bom dia flor!!
    Lindo texto e mto fofo o teu cantinho...
    Seguindo desde já..
    Beijos de LUZ!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada *-* VOlte sempre tá? E obrigada por passar por aqui!
    Beijos de LUZ!!! (2) *-*

    ResponderExcluir