segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

- Pois então, chegamos ao fim.
- Ao fim? Como assim ao fim?
- É que nesse momento você precisa ir.
- Mas... o que eu faço agora?
- Pode se virar e acenar... olhar  mais uma vez.
- Me diz... Essa é a hora que eu peço desculpas por tudo?
- Na verdade, pedir desculpas não adianta muito depois que você já feriu. Mas você pode tentar...
- Ta bem... Me desculpe.
- Está pronta agora?
- E se eu disser que não?
- É hora de partir, não há mais tempo.
- Ta bem... Vamos embora daqui.
- Não. Eu nao vou junto. Você vai sozinha. São suas atitudes, é hora de enfrentá-las sozinha.
- E se eu sentir medo?
- Talvez você possa fechar os olhos e esperar que ele passe...
- E se não passar?
- Tudo vai passar... É hora de ir embora...


Nenhum comentário:

Postar um comentário