quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Ela se apaixonou

Ela se sentia.

A cada frase que ia lendo, sua mente voava longe, voava sem limites.

Sua imaginação construiu um universo, um rosto, um sentimento, um desejo.

A cada palavra, seu coração se tornava uma criança.

Ela estava pronta para ler mais, se soltar mais, gostar mais.

Sua cabeça girava e seu rosto tinha um sorriso diferente.

Ela se apaixonou.

Ela chorou.

Sorriu, amou.

Neste momento sua vontade de continuar ali, escondidinha espiando aquela linda história de perto, é maior que viver sua vida real.



Sua vontade é sair correndo, gritando e mostrando a todos que sim, ela pode ver, sentir, beijar e tocar cada palavra.

Hoje seu coração está inquieto.

Tudo o que ela quer é voltar para esse mundo, onde a dor, o carinho, a transformação, o prazer e o amor são constantes. São reais. São apaixonantes.



Nenhum comentário:

Postar um comentário