terça-feira, 13 de agosto de 2013

Som



O som vem.

Ele está em toda parte.

Ele é incrível.

A música ecoa em cada canto.

Ela me arrasta. Caramba! Me leva.

Me leva de volta para o vento, para a rede, para a grama, para o chão.

E você continua longe. E eu continuo aqui, inundada.

Fecho os olhos e sinto, infinitamente.

Tem um gosto de vida, de mar, de chocolate com morango.

Tem gosto de alegria escondida por trás dessa touca.

Solte seus cabelos.

Esse som me faz pensar coisas que eu não consigo controlar.

"Você dorme aqui em meus braços, onde o mundo se fecha por um tempo".

Isso é incrível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário