terça-feira, 29 de julho de 2014

Pé na estrada - Parte 3

Oi, gente!

O pé na estrada hoje começou em Apucarana: LUGAR ONDE O VENTO É INFINITO!
Nossa, a cidade acaba ficando muito gelada por causa do vento. É muito vento mesmo, congela a gente.
Apesar disso, aqui tem sol e o céu é limpinho. Como eu disse no outro post, em Apucarana tem o Lago Jabuti que é lindo. Hoje tomei um sorvete muito bom com frutas e fotografei um circo. Amei!











Indo para outra cidade...

 A tarde dei uma passadinha bem rápida em Jandaia. Gente, foi o pôr do sol mais incrível que eu já vi em toda a minha vida. O lugar onde eu estava era muito alto, dava para ver outras cidades...
E o sol, com aquela cor única de quando está se pondo, tocava tudo, inundava o mundo com aquele espetáculo. Me tocou muito, me senti invadida por uma paz inexplicável. É uma pena que, mesmo com a foto, é difícil mostrar como foi. Só estando lá e sentindo aquele aconchego maravilhoso vindo de uma paisagem inacreditável para ter ideia.










Terminei o dia com o pensamento:

"Obrigada vida, você me surpreendeu."

E a trilha sonora de hoje não poderia ter sido melhor:

"Longe, lá de longe... Onde toda a beleza do mundo se esconde..."

Senti uma felicidade tão doce, tão profunda...
Essa "temporada" de viagens está quase no fim. Mas logo vou viajar para outras cidades do estado, estou ansiosa para viver mais coisas incríveis assim. Obrigada, vida.

Té mais.

Pé na estrada - Parte 2

Oi, gente!

Hoje é o primeiro dia, efetivamente, de trabalho. Estou adorando!
É muita coisa linda que dá para ver pelo caminho, sem contar que as pessoas são muito especiais.

Hoje parei de novo para refletir sobre aquela pergunta:

QUANDO FOI A ÚLTIMA VEZ QUE VOCÊ FEZ ALGO PELA PRIMEIRA VEZ?

Pensar nisso me incomoda e me faz querer ter sempre experiências novas... A sensação de fazer algo pela primeira vez acaba sendo libertadora quando você se questiona sobre isso.

A trilha sonora de hoje foi: "Todos os dias quando acordo não tenho mais o tempo que passou, mas tenho todo tempo... Temos todo tempo do mundo..."
Legião Urbana tem me feito companhia nessas viagens, não poderia ser melhor.

Passei por três cidades e foi difícil selecionar as fotos mais legais para postar aqui. Quando você viaja tudo é novo e encantador, por isso escolher as fotografias que você mais gostou é complicado.
Vamos lá:

TELÊMACO BORBA









Nesse momento estava olhando para um campo verde que parece maravilhoso de correr até cansar. Bom demais registrar essa lembrança, toda vez que olhar para foto vou saber como foi incrível a sensação de estar nesse lugar.


Adorei conhecer Telêmaco e as pessoas de lá! Povo carinhoso, muito acolhedor!
Telêmaco tem a Klabin, uma importantíssima fábrica de celulose, muito famosa em todo o país.


ORTIGUEIRA

Por Ortigueira passei bem rapidamente, mas adorei. Uma cidade bem quente e com um sol aconchegante nesse inverno.





E no caminho para Apucarana... Sol se pondo... As vezes nem parece real a beleza dos campos que você está vendo. É sensacional!





APUCARANA

Cheguei na cidade já estava de noite. Só consegui conhecer o Lago Jacuti, lindo! Aqui dá para escutar o trem passando e venta muito! MUITO!


Gostei muito, muito, muito de hoje. Todas essas fotos registraram momentos importantes para mim. É maravilhoso estar fazendo isso tudo pela primeira vez!

Té amanhã!

domingo, 27 de julho de 2014

Pé na estrada! - Parte 1

Oi, gente!

Como falei pra vocês, estou viajando pelo Paraná. A sensação é muito maneira!
Hoje foi o primeiro dia de viagem. Amanhã começam os trabalhos e estou mais do que animada.
Separei duas fotos que fiz na estrada, coisa pouca ainda.

Durante a viagem ouvi várias músicas ótimas e aquela que retrata o momento:

"Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais..."

Descreve bem o que estou sentindo!



Decidi começar a ler um livro novo durante a viagem. Nunca tive essa experiência e dessa vez quero ver como é. Espero que toda vez que eu veja o livro lembre dessa fase legal. (Livro: Eu sou o mensageiro)

Teve um momento muito incrível em que eu estava lendo, curtindo o livro e olhei pela janela do carro... Lá fora tinha uma paisagem linda, com grandes campos e um verde incrível. Me invadiu uma felicidade e foi maravilhoso.

Amanhã eu volto com mais fotos e histórias! Estou em Telêmaco Borba.


Té mais! :)

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Dói me afastar de você

Seu coração está batendo forte, ela sente vontade de gritar. Não estamos falando de grito ensurdecedor... Explode lá dentro, sufocando cada poro da sua pele.
Chore, doce menina.

Sua mente está pensando rápido, ela sente vontade de voar. Não estamos falando de vôos nas alturas. Alcançam níveis profundos de auto-conhecimento.
Respire, doce menina.

Ela treme de frio e saudade daquele calor. Não estamos falando do calor do sol. O calor vem daqueles olhos tímidos embriagantes.
Liberte-se, doce menina.

Doce menina não está confusa. Conhece seu coração.
Doce menina fez uma trilha e vai andando seguindo as batidas.

Ela enche os olhos cor de mel de lágrimas. Dói me afastar de você.


Respirando bons ares de novo

Oi, gente!

Desde o primeiro dia de 2014 eu soube que esse seria um ano marcante. Comecei disposta a levar a minha vida de forma tranquila. Era o ano em que eu precisava voltar a ter tempo livre, fazer coisas que me dão prazer e ter leveza no meu dia a dia.
Iniciei o ano planejando mil coisas... Realizei algumas e outras não consegui ainda.
Passei por uma enorme reviravolta no âmbito profissional. Estava feliz por ter me formado e colocada no mercado de trabalho e, de repente, tudo mudou. Foi uma grande decepção. Passei o mês de maio inteiro deprimida (mês do meu aniversário, para ajudar).
É difícil levar a vida com leveza quando você cai. Cair decepciona, machuca, entristece.
Mas de tudo isso o que mais me machucou foi ter duvidado de mim mesma, do meu sonho.

Como o choro é livre, eu chorei. Dias e mais dias.

Cansa né? Cansei.

Acabei tendo que entender, meio que na marra, que estar em pé é ótimo, mas se reerguer é sensacional.
Você fica mais forte, mas maduro, mais maleável e um pouco menos inocente também.
É um alívio parar de sofrer.

Hoje estou respirando bons ares de novo. E eles são especiais, já que significam para mim a capacidade de lavar o rosto, soltar o cabelo e ir ser feliz por quem merece: você.
Sei que isso aqui parece um texto de motivação, mas é bom falar de tudo isso sem sentir mágoa. E quando eu me sentia para baixo era sempre bom ter uma palavra de bom ânimo para lembrar da felicidade que a gente merece.

Fiquei de férias por um tempo, férias forçadas, mas que me fizeram exercitar a paciência.

Como disse, estou de novo respirando outros e bons ares. Me sinto renovada. Quis fazer uma reviravolta na minha vida. A vontade (como meu sonho de criança) era fugir com o circo e tentar a vida em outras estradas, mas não foi dessa vez que eu larguei tudo para viver de arte. Um dia...

Vou começar a fazer umas viagens, a trabalho, pelo Paraná. Estou animada com essa novidade e quero postar aqui o registro dos cantinhos por onde eu for passar.
Resolvi mudar outras coisas também... Ruivas se divertem mais.


Eu sei que para muita gente isso não é nada, mas para quem tem um apego enorme às mechas próprias é uma coisa e tanto. A ideia era fazer o teste e ver se eu gostava da cor. Amei. Me sinto ótima. Agora é esperar e ver se desbotado fica decente.

Também voltei a ficar perto de quem sempre esteve ao meu lado, mas um pouquinho longe. Passei muito tempo me importando com pessoas que não me procuram, acho que todo mundo passa por isso, né? Desisti e hoje sou feliz, parei de me iludir.

Foi bom demais tomar essa atitude. Sempre fui uma pessoa que sente saudade de tudo e acabava me prendendo muito ao que passou. Deprimente demais.
Voltei a encontrar com pessoas maravilhosas que me fazem dormir chorando de rir. Pessoas que se importam se eu estou bem e não esquecem o meu número de telefone.



Como a vida se transforma com bons amigos. 

Nesse período também resolvi investir em atividades diárias que me fizessem bem. Parece até óbvio, mas apesar de tudo é comum que a gente esqueça de praticar isso... 
Me dediquei para as aulas de teclado e estou gostando muito de aprender sobre música. É ótimo, te faz embolar todas as ideias e desembolar de uma forma muito mais sensível. 

Comecei a ler mais livros. Eu já lia bastante, mas agora dá ainda mais prazer tirar um tempo só para mim e fazer algo que me faz sentir viva. Livros são caminhos, são janelas, são túneis. Ler é maravilhoso.
Esses dias fiz um post sobre o livro que eu estava lendo: "A mulher do viajante no tempo". Faz um tempinho que terminei de ler. Fiquei muito pra baixo com o final do livro, por isso não vim antes escrever sobre ele. "Ressaca literária", é bom e ruim. 
Esse livro conta a história de um casal que enfrenta o tempo. Te faz pensar sobre as escolhas que toma na vida, sua incapacidade de controlar o tempo, sua maneira de encarar as pessoas como elas são e a forma como isso pode ser marcante. Vale a pena ler. 

Como o post já está grande eu vou terminando por aqui. Logo volto com fotos e outras histórias. Bom mesmo é me sentir assim de novo, bem. Decepções podem ser libertadoras também.

Té mais!

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Valor de uma boa companhia

Quem me conhece sabe como meus cachorros são presentes na minha vida. Falo deles sempre. Sempre mesmo. É difícil não lembrar deles no meu dia a dia. Eles estão ali, grudados em mim.

Estava aqui na internet vendo um post emocionante sobre a despedida do Duke, um anjo que teve um lindo dia antes de ir embora.
Na quarta foto do ensaio com o Duke foi difícil segurar... Solucei vendo aquele dog se despedindo, incrível como isso machuca demais.

Sou muito sensível falando sobre meus cachorros. Também tenho um Duck (de pato) e ele é o amor da minha vida. Carinhoso, educado, preguiçoso e amável. Ele é especial, mesmo.
Certa vez o Duck ficou doente e eu tive tanto medo de perdê-lo, pedia a ele para não me deixar e sentia que ele estava imensamente triste por estarmos naquela situação. É doloroso passar por isso, dá vontade de sumir do mundo.

Sei que muita gente acha besteira sofrer por bichinhos de estimação. Mas não é. Clique nas fotos do Duke e veja como é ter que se despedir. Não é a toa que filmes como "Marley & Eu" e "Sempre ao seu lado" fazem qualquer marmanjo chorar feito criança. Dói. Dói ter que ir embora alguém que queremos para sempre ali, como esteve o tempo todo.

Me surpreendo com meus pensamentos egoístas quando me imagino na situação em que muitas pessoas se encontram: o cachorro está doente, não tem mais cura e, para ele não sofrer, é hora de deixá-lo partir. 
Penso sempre na possibilidade de perder o Duck (e os outros que eu tenho) e fico abalada na hora. Já chorei em ônibus, trabalho, faculdade... Tudo isso só pensando na possibilidade de não ter eles comigo.


Fico imaginando a grandeza do amor dessas pessoas que acabam aceitando que é melhor ele ir embora do que ficar aqui. Claro que ver o sofrimento de quem amamos nos faz entender certas coisas, mas é inegável que é preciso ter coragem para entender o que é melhor de verdade para uma situação dessas.

Que difícil.

A única coisa que podemos fazer é aproveitar a alegria e o prazer de ter um amigo ao nosso lado. É melancólico lembrar que todos vamos passar por uma despedida, mas isso nos faz despertar para o fato de que o importante é viver ao máximo o valor uma boa companhia.

"O amor é tudo o que existe entre nós. E é assim que temos tudo." para Duck.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Decoração: Tecido de parede

Oi, gente!

Lembra que comentei sobre estar empolgada com a decoração do quarto?
Pesquisei várias coisas na internet e acabei descobrindo como tem gente criativa! É ótimo!
É só começar a fuçar e você encontra muita decoração legal. É divertido como as pessoas inventam coisas que dão muito certo! Pesquisar sobre isso é uma viagem. Tem muita coisa diferente e que dá para fazer em casa.

Eu gosto da ideia de customizar as paredes. Deixa o ambiente com outra cara e as possibilidades são infinitas. Primeiro comecei a pensar sobre pintar uma parede de uma cor diferente das outras paredes do quarto, isso é bem comum e fica bem legal. Depois comecei a pesquisar sobre adesivos... Tem muita coisa bonita, mesmo! O maior problema do adesivo é que eles são muito caros. Encontrei um bem lindo por R$ 140,00 em um site brasileiro e o mesmo por R$ 16,00 em um site da China. É de chorar!

Quando percebi que os adesivos não dariam muito certo resolvi buscar por papéis de parede. E aí, minha gente... Aí você começa a ver como o mundo é muito louco. QUANTA COISA LEGAL!!!
O que tem de gente ensinando você a pirar o cabeção na internet... Muita mesmo!
Nessas buscas encontrei o "tecido de parede", que é maneirótico. E já vou logo avisando que dá bastante trabalho. Bastante!

Fui atrás do tecido (comprei mais do que precisava na parede para fazer almofadas, mas sobrou muito porque sou sem noção!), da cola (de escola mesmo, legal né?), do rolinho de tinta e da coragem para fazer tudo.

Enquanto estava colocando fui tirando fotos... Elas estão péssimas, mas dá para ter uma ideia mais ou menos. Vamos lá!



Esses foram alguns materiais que eu usei. Além deles tinha uma fita métrica, uma escada e um lápis para marcar no tecido o local para fazer o corte na medida da parede.

Não vou explicar passo a passo como colocar o tecido, no youtube tem vários tutoriais bem bacanas que explicam certinho. Pensei em fazer um vídeo, mas sozinha eu gastaria o dia todo para filmar e colocar o tecido ao mesmo tempo.

Para resumir você mistura a cola com um pouco de água para tirar aquela consistência muito grossa. Com o rolo de tinta você passa cola e gruda o tecido na parede. No começo eu penei! O tecido que comprei é bem grosso (um exagero da minha falta de experiência!) e pesado... Isso significa que até achei que não daria muito certo.


Quando fui pegando o jeito de passar cola, colocar o tecido, segurar a parte que já foi colada e me equilibrar na escada a coisa foi ficando divertida. Nesse momento coloquei uma música e já estava mais otimista.
Depois que você coloca o tecido é necessário passar cola por cima. Fica esbranquiçado, mas vai secando e logo as manchas vão sumindo.
Demorei umas 4 horas para fazer essa parede. Só que eu não deixei nada preparado...  Marquei as medidas e cortei as bordas do tecido tudo na hora.



Como disse, as fotos estão horrorosas... Nem dá para ver direito as cores do tecido nessa que está mais aberta, uma pena. Quando tudo estiver no devido lugar tiro fotos melhores para compensar.
Dá para ver que deixei o espaço para as tomadas. Os fios estão expostos (muito cuidado para não encostar neles com a mão molhada, hein?) e deixei o tecido de forma que dê para manusear os fios e colocar a tampa da tomada por cima.

É isso! Fiquei muito feliz de ver as pessoas compartilhando suas experiência com o 'tecido de parede' e agora colaboro mostrando a minha também.
Dá muito trabalho, mas vale a pena. Se tiver alguém para ajudar é muito melhor.

Até mais!

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Copa 2014 - Tchau Brasil!

Oi, gente!

Fiquei de vir contar a boa notícia do jogo contra o Chile e acabo trazendo tristeza do jogo do Brasil e Alemanha. =/

O jogo do Chile foi pura emoção. Para resumir fomos para os pênaltis e o Brasil levou a melhor. Foi sofrido, mas foi intenso.

Depois enfrentamos a Bélgica nas quartas de final e ganhamos também. Isso alimentou a esperança de todo mundo, brasileiros enlouquecidos com a ideia de irmos para a semi-final.

Ontem (08/07) perdemos vergonhosamente para a Alemanha. 7 x 1. Doeu.

Separei algumas fotos que tirei nesses dias. Vou guardar com carinho esse sentimento de Copa do Mundo no Brasil.  A festa ainda não acabou, mas acho que os melhores momentos já passaram. O Brasil pode chegar, no máximo, em 3º lugar... Então...

É legal dividir esses momentos aqui no blog. As notícias sobre o mundial podemos acessar em qualquer portal da internet, mas esses registros mais pessoais é bem legal guardar com carinho.


Jogo Brasil x Bélgica

Jogo Brasil x Alemanha (antes do resultado! hahahaha)

Minha cara ao saber que a Argentina pode ganhar a copa na nossa casa. hahaha. 
Obrigada a todos que estão acompanhando o blog! Esse espaço é especial pra mim.


Até mais!